contato@digitalthings.com.br
+55 11 5542-2027

COPA DO MUNDO FEMININA DE 2019 GERA ENGAJAMENTO PARA AS MARCAS NA WEB

A Copa do Mundo costuma parar o Brasil, pelo menos era o que acontecia até pouco tempo atrás, de 4 em 4 anos. Hoje, o país pára de dois em dois. A competição feminina tem ganhado cada vez mais espaço na mídia e apoio das grandes marcas.

Muitos são os fatores que impulsionaram esse crescimento: o fraco desempenho da seleção masculina nas últimas competições, o aumento do espaço feminino na mídia, na publicidade e em outros segmentos e até mesmo a busca por representatividade por parte do consumidor.



REPRESENTATIVIDADE E O MARKETING DIGITAL

A representatividade vale ouro no mercado empresarial e um dos grandes responsáveis por essa valorização é o marketing digital. Desde o surgimento das redes sociais como novas mídias para o mercado publicitário, o marketing passou a ser cada vez mais nichado, buscando uma relação de proximidade com o lead qualificado.

Segundo dados da Fifa, a Copa do Mundo feminina de 2019 vai reunir cerca de 1 bilhão de telespectadores. Só para se ter uma ideia, a última edição de 2015, atingiu apenas 750 milhões. O crescimento considerável na TV é apenas um demonstrativo do poder midiático que a competição feminina consegue movimentar.

O PODER DO FUTEBOL FEMININO NO BRASIL

Reunimos outros dados interessantes a respeito da relevância da competição nas mídias on-line e offline:

Nos últimos três meses, o conteúdo relacionado à Copa do Mundo Feminina atingiu mais de 71 milhões de visualizações em plataformas de vídeo online;

A estréia da seleção brasileira dobrou a audiência da Globo, emissora detentora dos direitos de transmissão no Brasil, durante a exibição da partida;

Na Web, durante a estréia da seleção, as marcas envolvidas com o patrocínio e exibição dos jogos, como a Globo, a Capricho e o UOL registraram um aumento considerável no número de seguidores.

A competição esportiva abre os olhos das grandes marcas para o poder da representatividade para impulsionar as vendas do comércio. O público pede identificação e, ao que tudo indica, as marcas estão cada vez mais preparadas para atendê-los.

Grandes empresas como a Disney, são precursoras no trabalho representativo em seu conteúdo. Acesse o nosso blog e saiba mais sobre o assunto

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *