A melhor maneira de se manter conectado com o mercado e as novidades tecnológicas é postar regularmente. Mas qual o fluxo: Diário? Semanal? Quinzenal?

Confunde-se muito qualidade com quantidade e é muito comum ver empresas produzindo um alto volume de conteúdo, porém sem um filtro do que é importante e relativo ao momento.

Outro fator recorrente é a falta de organização das postagens. Muito conteúdo que é até relevante, mas que não foi bem estruturado e a informação fica confusa e perdida.

Um blog é uma mídia, assim como a televisão, o rádio e a internet. Essa mídia tem o intuito de atingir uma audiência, de interagir e se comunicar com o público. É por isso que, assim como os outros meios de comunicação citados, o blog precisa ter um foco editorial, público-alvo e periodicidade definidos. Para isso, duas medidas devem ser tomadas: conhecer seus limites e ser regular.

Conheça seus limites

Limite comercial: Quantas pessoas em sua empresa escrevem para o blog? Em que área atuam?

O ideal é que pessoas de áreas distintas da empresa forneçam a comunicação do blog, pois dessa forma o assunto é maior e mais objetivo no segmento de atuação de cada colaborador. Aqui na Digital Things, por exemplos, temos colaboradores familiarizados com diversos assuntos e que atuam em áreas como Jornalismo, designer, administração, marketing, SEO, redes sociais entre outros. Isso nos ajuda a complementar o material oferecido a vocês clientes e empreendedores.

Limite editorial: Qual informação que você quer passar? Qual é o segmento de sua empresa?

É importante não fugir do tema proposto e organizar postagens e assuntos para que a informação não fique repetitiva e desgovernada. As vezes temos muitas boas ideias, muito material para explorar e passar a comunicação, mas é preciso se ater a periodicidade e a maneira que você vai se comunicar para que também não gaste todos seus recursos intelectuais em poucas postagens e depois fique sem assuntos ou que haja muita informação com assuntos diferentes e isso confunda seu cliente.

Para organizar de maneira objetiva e pratica seus conteúdos e entender que tipo de periodicidade é ideal para seu blog confira algumas dicas:

Uma vez por dia

Blogs que não tem a premissa de oferecer notícias em primeira mão ou não dependem de acontecimentos factuais.

Dicas:

  • Tenha um calendário de posts para não começar o dia sem saber o que fazer e para não repetir assuntos.
  • Se o volume de informação for grande fragmente-o e simplifique da melhor maneira possível para uma melhor compreensão e aproveitamento.

Mais de uma vez por dia

Recomendado para quando o blog é focado em informações rápidas como notícias ou quando é de um segmento bem abrangente, mas que não se repita ou confunda. Exemplo: segmento alimentício, moda e beleza.

Dicas:

  • Especifique o tema do post;
  • Planeje as postagens para manter o fluxo e não correr o risco de ficar sem assuntos se nada novo surgir. Mas também deixe como material de apoio caso um evento ou um novo fator mereça ser explorado prioritariamente;
  • Explore os meios de se comunicar: artigos, infográficos, fotos, vídeos. Isso estimula a leitura e a interação com seu público.

Uma ou mais vezes por semana

Se não for possível a postagem diária por falta de tempo ou estruturação de conteúdo, você pode trabalhar em escala semanal. Muitos blogs são atualizados assim e dessa forma apresentam um bom tráfego. Isso por que com mais tempo maior é a dedicação nas pesquisas e elaboração de conteúdos para o blog.

Dica:

  • Focar em qualidade é essencial. Apresente um conteúdo diferencial. Mesmo que o tema seja um assunto recorrente no mercado explore-o de maneira simples, mas criativa, inteligente e atrativa a seu público-alvo. Dessa forma você desperta interesse e seu blog recebe visitas frequentes ao invés de ficar “esquecido” devido a atualização semanal e não diária, por exemplo.

Cada blog tem a personalidade do seu autor. Algumas dicas selecionamos para vocês clientes e empreendedores por acharmos que facilita a organização e torna a navegação mais prática e segura. No entanto, como um bom marinheiro, quem conduz o barco é você. Esperamos que tenham aproveitado este artigo e que as dicas lhe conduzam com seus propósitos. Para se atualizar e receber maiores informações contate-nos Digital Things.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *